Aquele que recebeu toda autoridade no céu e na terra nos garantiu que estará conosco até o fim dos tempos!

“…não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel”. Isaías 41:10

INTRODUÇÃO

O medo é um sentimento que faz parte da natureza humana e, de certa maneira, é algo não só instintivo, ou seja, que faz parte do nosso instinto, mas é algo saudável também, afinal, o medo pode nos livrar de situações perigosas que colocam as nossas vidas em risco.

Porém, além desse primeiro tipo de medo, natural e saudável, existe o medo em excesso, que pode ser prejudicial no aspecto relacional, social, psicológico e até no aspecto espiritual.

E como todos sabem, nós estamos vivendo dias que têm influenciado de forma profunda nesse sentido, ou seja, tem levado muitos a um temor excessivo.

Muitos estudos mostram que o isolamento social por conta do período de pico da pandemia afetou profundamente as pessoas de um modo geral.

Além disso, as más notícias, os problemas econômicos, a falta de trabalho e, principalmente, a incerteza do que nos espera no futuro, têm atingido em cheio a saúde mental de todos, em maior ou menor grau, e levado muitos a um medo sem precedentes.

E o fato de sermos cristãos, não nos torna imunes a esse sentimento, afinal ainda somos seres humanos, assim como disse o rev. Hernandes Dias Lopes:

“Mesmo que você seja um cristão, quando você foi salvo pela graça, Deus não tirou a sua humanidade. Nós somos suscetíveis ao medo, e tudo aquilo que nós não controlamos e administramos nos impõe medo.”

Isso tudo confirma que nós temos que aprender a administrar o medo. E talvez você esteja perguntando: “mas como fazer isso?”
E a Palavra de Deus nos dá razões para não temer. No verso que acabamos de ler, Deus, através do profeta Isaías, nos dá algumas.

A 1ª razão para não temermos é porque:

1. ELE ESTÁ CONOSCO

A 1ª promessa de Deus para nós nesse pequeno verso, é que Ele está conosco. O texto de forma muito clara diz: “…não temas, porque eu sou contigo…”. 1º temos uma ordem; “não temas”. E na sequência, temos uma promessa; “eu sou contigo”.

E essa promessa do Senhor feita aos israelitas tinha um porque, eles estavam sendo ameaçados pelos povos pagãos, então Deus de forma imperativa diz: “…não temas, porque eu sou contigo…”.

Através dessa fala o Senhor queria lembrar os israelitas de livramentos que eles tinham recebido d’Ele. Era o mesmo que dizer:

“Eu sou o mesmo Deus, que com mão forte, tirou vocês do Egito. Eu sou o mesmo Deus, que destruiu o poder de faraó. Eu sou o mesmo Deus que fez maravilhas no meio de vocês, por isso, não temam”.

E o mesmo, vale para nós hoje também. E é interessante observar que essa mesma promessa que é feita por Deus em Isaías, no Antigo Testamento, é reforçada por Jesus no Novo Testamento. Em Mateus 28:18-20 nós vamos encontrar a famosa “Grande Comissão”, onde Cristo diz:

“…Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

Aquele que recebeu toda autoridade no céu e na terra nos garantiu que estará conosco até o fim dos tempos! Ele também nos garantiu que o Pai nos enviaria o Consolador e que Ele, estará conosco para sempre (João 14:16).

Isso é maravilhoso, Deus está conosco o tempo todo, até a consumação dos tempos! Não estamos sozinhos.

E Ele hoje não só nos ordena a não temer, como nos dá uma razão para isso, Ele está conosco e como prova, Ele nos leva a olhar para traz e relembrar tudo o que Ele tem feito por nós.

Se estamos aqui hoje, vivos, é porque Ele tem cuidado de nós. E se Ele tem cuidado de nós, não temos por que temer.

A 2ª razão para não temermos, é porque:

2. ELE É NOSSO DEUS

E essa 2ª promessa, de que Ele é o nosso Deus, vem logo após outro imperativo: “não te assombres, porque eu sou o teu Deus”. E aqui eu quero chamar sua atenção para algo muito interessante, a palavra “assombres” no original (sha ̀ah), também pode significar “desviar o olhar”.

Ou seja, o que Deus estava dizendo aos seus leitores originais e também para nós hoje, é que não podemos deixar as circunstâncias, por pior que elas sejam, nos tirar do foco, não podemos desviar o nosso olhar d’Ele.

Em outras palavras, poderíamos dizer que Deus está dizendo o seguinte; “não foque nos problemas e nas dificuldades, foque em mim, que sou teu Deus”.

E uma característica muito comum das pessoas quando passam por dificuldades é olhar só para os problemas, só para as circunstâncias. Se esquecendo de que Deus é Deus.

E não somente que Deus é Deus, é muito mais que isso, Ele é o meu Deus. Ele é o seu Deus. Ele é o nosso Deus.

Por isso não precisamos nos assombrar. Não existe algo mais reconfortante do que isso! Precisamos lembrar disso todos os dias!

 A 3ª razão para não temermos, é porque:

3. ELE NOS FORTALECE, AJUDA E SUSTENTA

Após dizer para não ficarmos assombrados, por que Ele é o nosso Deus, o Senhor nos dá mais 3 razões para não temermos: (1) Ele nos fortalece, (2) nos ajuda e (3) nos sustenta.

Ao dizer isso, Ele deixa claro que momentos de dificuldade, virão! Farão parte da nossa vida, mas Ele estará conosco. Isso nos lembra as palavras de Davi no Salmo 23:

“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo…”.

Ele também quis dizer, que momentos de fraqueza virão, ou seja, não estamos livres disso, mas Ele garante que nesses momentos, Ele nos fortalece.

Ele também quis dizer que momentos em que nos sentiremos desemparados, também irão acontecer em nossas vidas, mas Ele nos tranquiliza dizendo que nos ajuda.

E da mesma forma, momentos de dúvida, também serão uma realidade na vida de cada um de nós, mas Ele também deixa claro, que é Ele quem nos sustenta.

CONCLUSÃO

E para finalizar, os 2 primeiros versos do capítulo 43 de Isaías completam de forma perfeita o texto que refletimos até aqui. Mais uma vez, pelo boca do profeta Deus diz:

“Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti”. Isaías 43:2

Outra vez o Senhor traz à lembrança livramentos que Ele tinha concedido ao povo:

Além disso, não podemos nos esquecer do livramento do Senhor dado à a Sadraque, Mesaque e Abednego na fornalha ardente (Daniel 3:25-27).

E da mesma forma que Deus esteve com Israel na travessia do mar vermelho, na travessia do Rio Jordão e com Daniel e seus amigos na fornalha de fogo, Ele está conosco todos os dias. Ele não nos garante uma vida sem problemas e dificuldades, mas garante que está conosco, garante que Ele é o nosso Deus, e garante também, que Ele nos fortalece, nos ajuda e nos sustenta. Por isso, não temas!

Ricardo Soares é pastor, professor de teologia, filosofia e autor de “Introdução à Filosofia Cristã: o encontro da fé com a razão”. É casado com Sarah e pai de duas filhas: Pâmela e Polyana. Para saber mais, acesse contrapontoteologico.com.br

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame&Rádio Sinai

Fonte: Guiame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.