As manifestações populares do próximo dia 07 de setembro vem sendo alavancadas pelo cantor Sérgio Reis junto a caminhoneiros e produtores rurais, com potencial de parar o país, ganharam o endosso do pastor Silas Malafaia.

Inicialmente, a manifestação foi agendada para cobrar das autoridades a implementação de medidas de segurança, auditoria e transparência das eleições no país.

Com a prisão arbitrária do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), por ordem do ministro Alexandre de Moraes, os protestos ganharam motivação extra.

Silas Malafaia, pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), convocou os fiéis a se posicionarem contra os gestos de ruptura da estrutura de governo que vêm sendo protagonizados pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“É uma convocação a meus irmãos evangélicos. Não podemos ficar omissos, nem sermos covardes, nesse momento crucial da nação brasileira”, destacou.

A relativização de direitos essenciais para a atuação da Igreja de Cristo, como as liberdades de expressão e religiosa – esta última atacada durante o combate à pandemia – é um cenário preocupante.

“No dia 07 de setembro, nós vamos ter em todas as cidades do Brasil, manifestações pacíficas em favor do Brasil e contra aqueles que querem rasgar a Constituição”, acrescentou Malafaia.

Evangélicos não podem ficar alheios à convulsão social prestes a eclodir, disse o pastor: “Nós somos cidadãos desse país e nós não podemos ficar omissos. Eu vou estar na Avenida Paulista, juntamente com vários líderes evangélicos”, convocou o pastor.

Fonte: Gospel+

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.