Homem escapa de prisão durante perseguição e conta: “Um anjo abriu as portas da cela”

0
33

testemunho de um cristão chamado Evgeniy nos remete ao livro de Atos dos Apóstolos. Isso porque, ele se viu no meio de um conflito militar quando obteve da parte de Deus uma providência que lhe permitiu escapar da prisão, exatamente como ocorreu no passado, quando Paulo e Silas saíram da prisão de Filipos.

O conflito militar no qual Evgeniy se viu em apuros ocorreu após a Rússia anexar a região da Crimeia ao seu território, em 2014. O local se tornou palco de tensão com a Ucrânia, que tenta manter a região sob o seu controle após um levante separatista.

“A primeira vez que fui capturado foi em maio de 2014, em Slavyansk”, disse Evgeniy à Mercy Projects. “Durante esse período, trazíamos ajuda humanitária e levávamos pessoas doentes que não conseguiam se mexer. As forças separatistas tomaram nossos carros e disseram que não podíamos tirar essas pessoas doentes dali”.

Com o desencadeamento do conflito, a perseguição religiosa aumentou na Rússia, um país que já era rígido quanto à liberdade de culto, se tornou ainda pior.

Segundo a Comissão dos EUA sobre a Liberdade Religiosa Internacional, a Rússia foi classificada em 2017 como uma das maiores perseguidoras da liberdade de crença no mundo, por ter cometido entre outros “assédio administrativo, prisão arbitrária e assassinato extrajudicial”.

“Na Crimeia ocupada pelos russos, os número de processos contra cristãos dobrou e continua aumentando. Qualquer cristão que não pertença à Igreja Ortodoxa Russa, como Protestantes, além dos Testemunhas de Jeová ou Muçulmanos, estão em perigo”, alertou um relatório da agência cristã ‘Mercy Projects’, da qual faz parte Evgeniy.

Apesar dos sofrimentos, Evgeniy contou que Deus continua operando como nos tempos da igreja primitiva. Um dos seus testemunhos de fé ocorreu exatamente quando esteve na prisão.

“Durante a minha segunda vez na prisão, aconteceu um milagre. No terceiro dia conseguimos escapar de alguma forma. Foi como no livro de Atos, quando um anjo abriu as portas da cela da prisão”, disse ele à Mercy Projects.

“Foi um milagre. Hoje, agradeço que Deus e peço que Ele continue me usando neste ministério. Podemos rir agora disso, mas ainda me lembro que foi algo muito perigoso e muito sério”, concluiu Evgeniy, segundo informações do portal God Reports&NoticiasGospel+

Share This:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.